Upgrade do Estágio 1 para Harley Davidson (Stage1)

O Estágio 1 existe para todos os carros e motos e não é exclusivo da Harley Davidson

Muitos motociclistas de motos japonesas e europeias equipam suas máquinas com um filtro e escapamento esportivo.  Um dos principais critérios das montadoras de veículos é atender os padrões das normas Euro, que regulamentam os índices de emissão de poluentes e ruído dos motores. Por conta destes padrões, as motocicletas e os  carros “respiram” cada vez menos. Com a norma “Euro 4”, aplicada desde janeiro de 2017 e a “Euro 5”, ainda mais rigorosa, com previsão para sair em 2020, a tendência é que cada vez mais motociclistas façam o upgrade para melhorar o desempenho de suas motos.

Abaixo, um pouco mais sobre normas EURO:

V-Twin Harley Davidson – um motor “rústico” e  limitado por padrões de homologação que exige o Estágio 1

harley engine 1909

Os motores Harley Davidson, cuja arquitetura foi desenvolvida em 1909, vem calibrados com a relação ar / combustível de 14.6, um mistura extremamente pobre! Não precisamos ir mais longe para entender que a geometria deste motor não é muito eficiente em termos de combustão.

Embora a maioria dos motores atuais sejam “quadrados” ou até mesmo “hiper-quadrados”, a Harley ainda constrói motores de curso longo, onde o curso do pistão é maior que o diâmetro do cilindro, construído com dois cilindros em V, refrigerado a ar e com um cabeçote com 2 válvulas por cilindro ( exceto Street e V-Rod ), com ângulo de 45° paralelos e fazem o cilindro traseiro receber todo o calor do cilindro dianteiro.m o cilindro traseiro receber todo o calor do cilindro dianteiro.

O Milwaukee Eight  é, neste sentido, um motor mais moderno pois foi construído com um sistema de refrigeração ar-óleo ou ar-líquido e um par de cabeçotes de 4 válvulas, melhorando o desempenho do motor.

Em média, o torque máximo é atingido em torno de 3.000 rpm, enquanto o máximo de potencia é entregue em torno de 5.000 rpm.

Infelizmente, essas escolhas técnicas não se encaixam bem com os padrões de limitação de poluição e ruído.

A instalação do filtro de ar e escapamento aberto aumenta o fluxo de ar do filtro até a saída do escape, sendo muito maior em comparação com o filtro e escape originais.

Depois de montar estes dois elementos, o motor consome mais ar e expele os gases criados pela queima do ar com a gasolina mais rapidamente. A mistura então fica mais pobre, fazendo o motor aquecer mais, perder torque em baixas rotações, estouros nos escapes e, no caso da Sportster e da CVO apresenta falhas, estouros no escapamento, etc.

Para que o motor trabalhe de maneira eficiente, ele terá que aumentar a quantidade de combustível de forma proporcional e isso só é possível com a recalibração da fonte de alimentação de combustível. Este ajuste permitirá recuperar as sensações de pilotagem que os padrões de homologação apagaram. Além disso, dependendo do modelo da Harley, é possível reencontrar o famoso ” potato-potato ” da marcha lenta baixinha.

 

Pra quem quer ver a diferença primeira parte com a marcha lenta original, segunda parte baixado para 800RPM, terceira parte com mastertune instalado e marcha lenta baixado para 600RPM #garagehenn #orozimbomaia #harleyengine #harleyperformance #harleyracing #idlerpm #marchalenta #harleysdesampa #harleysdecampinas #hdcampinas #harleydavidsonbrasil #harleydavidsonnation #harleydavidsondobrasil #harleydavidsonmotorcycles #sportster #sportstermafia #sportster48

Posted by Garage Henn on Tuesday, July 11, 2017

 

Quais são os benefícios de um upgrade para o Estágio 1 da Harley Davidson?

O melhor deles é o aumento do som da Harley Davidson! O Estágio 1 ajuda o seu motor a produzir um som bruto e puro.

Você contará com um acelerador com melhor resposta, que melhorará sua experiência geral de pilotagem.

Um dos principais benefícios do Estágio 1, é reduzir significativamente a temperatura do motor, que se tornou crítica desde a norma Euro 3, em 2006.

O Estágio 1 é um serviço com muita procura e isso pode agregar valor se algum dia você decidir vendar ou trocar a sua moto.

Confira uma lista com 10 benefícios do Estágio 1:

  1. Aumento de potência
  2. Aumento de torque
  3. Funcionamento do motor “redondo” (sem falhas)
  4. Aumento do limite de corte de RPM
  5. Aumento da vida útil do motor
  6. Redução da temperatura do motor
  7. Redução da marcha lenta do motor
  8. Redução do consumo de combustível
  9. Redução dos estouros no escapamento
  10. Outras configurações (keyless, setups etc)

Upgrade do Estágio 1 em detalhes

O Estágio 1 consiste em recalibrar os sistemas de admissão de ar e exaustão para melhorar o fluxo de ar e também do sistema de combustível para permitir que sua HD “respire melhor” e funcione da forma mais eficiente possível. Um upgrade do Estágio 1 não envolve nenhuma modificação interna do motor da moto.

Sistema de exaustão

Quem compra uma Harley espera escutar o ronco característico do enorme motor. É muito frustrante quando isso não acontece com o escapamento original. É por isso que o escape normalmente é o primeiro item a ser substituído na Harley.

Todo motor possui um ciclo de exaustão, que ocorre da queima dos gases na câmara de combustão até serem expelidos para fora. A capacidade de expelir esses gases rapidamente é o que determina o desempenho do ciclo. Quanto mais rápido, maior será o desempenho em alta rotação. Porém, manter uma pressão dentro do sistema garante respostas mais rápidas em baixas rotações. Sendo assim, o tubo do escapamento não pode ser completamente aberto, pois desta forma ele não criaria a pressão necessária para isso. Além do desempenho, também precisamos considerar o barulho: quanto mais aberto, mais alto é o som. Quando modificamos o escapamento da moto, todo o funcionamento do motor é alterado.

Os escapamentos esportivos são mais “livres” do que os originais e isso faz com que os gases sejam expelidos mais rapidamente. Esse aumento na vazão faz com que o motor seja capaz de queimar mais combustível por ciclo e, se a alimentação não for ajustada, ela se tornará pobre, o que pode comprometer o desempenho do motor.

Ponteira ou escape completo?

As ponteiras são apenas aquela parte final do escapamento.

Elas geralmente são bem mais leves do que as ponteiras originais e tem o fluxo livre de passagem dos gases, já que não possuem catalizadores. A troca apenas da ponteira pode ser suficiente na maioria dos casos.

Os escapes completos, geralmente são usados por quem quer o máximo de desempenho ou design. Os tubos saem diretamente do motor e também incluem a ponteira. A vantagem neste tipo de escape é que estes tubos geralmente são muito bem dimensionados, melhorando a circulação dos gases. Ainda nessa categoria, existem os escapes 2×1, que juntam as saídas dos dois cilindros em uma única saída de gás, trazendo um rendimento ainda maior, pois o fluxo de um cilindro auxilia no fluxo do outro. Embora existam muitos tipos de escapes completos, grande parte deles são fabricados apenas pensando no design, o que é em alguns casos um desastre para performance. Por isso, antes de comprar, procure ajuda de um profissional.

Filtro de ar

Existem muitos modelos e marcas de filtros de ar para Harley.

Em quase todas as marcas de filtros esportivos encontramos elementos  da marca K&N, mas existem outras marcas excelentes como BMC, S&S, etc

Os filtros de ar da K&N são projetados para obter um fluxo de ar elevado, praticamente sem restrições, mantendo os níveis de filtragem para garantir uma longa vida do motor.

Só os elementos de reposição K&N geralmente acrescentam um aumento potência e, em sistemas melhor dimensionados com maior área de filtragem e nos modelos tipo Intake, podem aumentar em até 12 cavalos de potência.

Por isso, consideramos que um sistema de admissão de alto desempenho e qualidade é um dos melhores investimentos em potência que se pode fazer.

Mas cuidado, é importante consultar um profissional antes da compra, pois as vezes um filtro comprado por um design legal, pode ter restrições físicas que não permitem um resultado esperado no desempenho da moto. Além do elemento, temos sistemas de alto fluxo, que trabalham com filtros que tem um maior fluxo de ar, eliminando as restrições físicas para que o ar passe mais facilmente até a válvula de admissão. Quanto maior o fluxo de ar, maior a potência gerada no motor, pois conseguimos uma eficiência volumétrica maior.

Entre os motociclistas, entusiastas e até mesmo mecânicos sem muito conhecimento técnico, sempre ouvimos a frase  “trocou o escapamento, agora precisa trocar o filtro de ar pra sua Harley ficar boa”. Será que isso é verdade ou mentira?

Vamos lá, é verdade e mentira ao mesmo tempo.

Como falamos, trocando o escapamento da moto, aumentamos o fluxo de ar de saída dos gases, mas, sem a calibração de combustível, a consequência é uma mistura ar/combustível mais pobre para o motor.

Se  junto a troca do escapamento aumentarmos a velocidade da entrada de ar com um filtro de ar esportivo, o que será que acontece?

Com o aumento de fluxo, tanto pelo escapamento quanto pelo filtro de ar, o motor bombeará muito mais ar e, caso não seja recalibrado o sistema de combustível para aumentar a eficiência, haverá uma grande piora na mistura do motor, que já é pobre, aumentando o superaquecimento e perdendo muito desempenho em baixas rotações.

Sendo assim, a troca do escape e do filtro de ar em conjunto só serão uma boa opção se você fizer o remapeamento do sistema de injeção da moto.  Um motor de Estágio 1 simplesmente “respira melhor “.

Estágio 1 no carburador Harley Davidson

A operação pode ser limitada a simplesmente substituir o kit do carburador original.

Existem muitas opções de kits, os mais conhecidos são da marca Dynojet.

Na ausência de um dinamômetro, pode testar a configuração na estrada e verificar a calibração pela cor das velas, ou com um kit de sonda wideband.

Para aproveitar ao máximo o Estágio 1 na sua Harley Davidson carburada você deve equipá-la com um módulo de ignição de alto desempenho.

Estágio 1 na injeção da Harley Davidson

É indicado fazer o serviço em dinamômetro e por um profissional que conheça muito bem do motor e do sistema de recalibração para poder obter os melhores resultados.

No remapeamento é possível trabalhar com muitas tabelas do sistema da moto. As principais são:

Eficiência volumétrica (VE)

As tabelas de VE indicam ao ECM a eficiência do fluxo de ar de cada cilindro. Estas tabelas devem ser ajustadas individualmente. A correta calibração da VE é a base para bons resultados na regulagem do motor, pois são os valores de referência para a quantidade de ar entrando no cilindro.

Relação ar/combustível

Esta tabela afeta o alvo da relação ar/combustível (AFR) de ambos os cilindros, dianteiro e traseiro, simultaneamente. Importante levar em consideração a relação correta do combustível utilizado para calibrar perfeitamente esta tabela.

Avanço da ignição

As tabelas de avanço da ignição controlam o tempo da ignição de cada cilindro independentemente. Esta tabela mapeia o tempo da ignição em graus, antes do ponto morto superior.

A tabela “Idle RPM” controla a marcha lenta à medida que o motor esquenta.

Existem outras tabelas para serem trabalhadas, tais como limite de corte de RPM, configuração do comando, tamanho do motor etc. O ideal é que quaisquer alterações sejam feitas sempre em dinamômetro e por um profissional qualificado. Assim é possível obter um bom resultado. A experiência de um bom afinador deixa sua moto com o melhor resultado em  potência e torque e ainda a mantém econômica para o uso normal.

Feito sem conhecimento, em muitos casos, se piora o funcionamento do motor podendo causar danos graves e irreversíveis.

Quando feito de maneira correta, traz apenas benefícios pois aproveita o máximo da eficiência para a configuração do motor,  de acordo com o filtro e escape escolhidos.

Comparação Moto original (stock) x upgrade Estágio 1

Sportster 883 stock 37 hp  x Sportster 883 Estágio 1 médio 56 hp

Sportster 1200 stock 65 hp x Sportster 1200 Estágio 1 médio 85 hp

Twin Cam 96 stock 57 hp x Twin Cam 96 Estágio 1 médio 78 hp

Twin Cam 103 stock 63 hp x Twin Cam 103 Estágio 1 médio 83 hp

Twin Cam 110 stock 78 hp x Twin Cam 110 Estágio 1 médio 96 hp

Milwaukee Eight 107 stock 71 hp x Milwaukee Eight 107 Estágio 1 médio 85 hp

Milwaukee Eight 114 stock 76 hp x Milwaukee Eight 114 Estágio 1 médio 88 hp

Milwaukee Eight 117 stock 80hp x Milwaukee Eight 114 Estágio 1 médio 100 hp

V-rod 1250 stock 103 hp x V-rod 1250 Estágio 1 médio 123 hp

Perguntas Frequentes:

Estraga o motor?

  • Não, quando feito corretamente por profissional e com equipamentos corretos, aumenta a vida útil do motor.

Qual o ganho?

  • Acima, no texto, colocamos os comparativos, mas em média, 20% nos modelos V-rod e M8, 30% nos Twin Cam e 50% nos modelos Sportster

O que preciso de equipamentos para fazer?

  • Conforme explicamos na matéria, você vai precisar de um filtro e escape de alto fluxo e o remapeamento do sistema de injeção

A moto fica muito agressiva para pilotar?

  • O funcionamento do motor fica muito mais linear, com uma resposta rápida e precisa. Consequentemente, a moto fica mais dócil para ser usada, porém, com um motor que impõem respeito quando solicitado!

Com que KM é recomendado fazer o serviço?

  • A partir de 0 KM você já pode fazer o remapeamento e passar a usufruir do melhor que a moto pode oferecer

O consumo de combustível aumenta em quanto?

  • Pelo contrario, se utilizar a moto da mesma maneira, como aumentamos a eficiência do motor, o consumo de combustível diminui pois acelera muito menos para atingir os mesmos objetivos

Posso usar qualquer gasolina depois de fazer o serviço?

  • Sim, desde que de boa qualidade, a moto pode rodar desde a gasolina comum até a Podium, porém, sempre oferecerá melhor desempenho com as melhores gasolinas

Ajuda na temperatura do motor mesmo?

  • Sim, e muito! Ajustando a mistura correta para a temperatura de saída dos gases nos coletores de escapamento, que é o que mais incomoda, cairá drasticamente.

Quanto tempo demora para fazer o serviço?

  • Se a moto já estiver com os equipamentos instalados (filtro e escape de alto fluxo), o serviço leva um dia para ser concluído, desde que não aconteça nenhum imprevisto com a moto.

 

Os diferentes tipos de upgrade “Estágio” ou graus de preparação

O Estágio 1 é a base de preparação para qualquer outro upgrade mais complexo que você queira fazer na moto:

Estágio 1
Mais ar e combustível para o motor
Filtro de ar + escapamento + remapeamento do sistema de injeção
Quero o motor da minha moto perfeitamente regulado

Base para todos os estágios futuros

Estágio 2

Estágio 1 + atualização de comando

Uma atualização de performance simples para melhorar o desempenho, visual e som da minha moto

Torque: quero mais torque instantâneo para ultrapassagens e arrancadas mais fortes.

Potência: quero mais potencia em altas rotações.

Estágio 3
Estágio 2 + aumento de cilindrada
Aumentar a cilindrada
Quero uma potencia instantânea que dure em todas as faixas de RPM, quanto maior melhor.

Estágio 4
Estágio 3 + cabeçotes + corpo de injeção

Upgrade superior
Rodo forte e quero absolutamente a melhor atualização de desempenho disponível.

Tente me acompanhar … eu desafio você!

É importante ressaltar que cada estágio requer reprogramação em dinamômetro.

E, quanto custa o Estágio 1 da minha Harley Davidson na Garage Henn?

Quando se trata de uma Harley Davidson, como existem diversas opções de marcas e modelos disponíveis para filtro e escape, os preços de upgrade do Estágio 1 variam muito. Por isso, para obter mais informações e discutir seu projeto de upgrade, entre em contato pelos telefones ou e-mail ou venha tomar um café conosco!

 

By |2019-01-17T14:00:54+00:00novembro 23rd, 2018|Performance e Dinamômetro, Notícias|0 Comments

About the Author:

Leave A Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.